segunda-feira, 27 de maio de 2013

O que é Machismo e porque o Machismo tem tanto a ver com você

Por Márcio Cannibal

Marcio realizando manifestação pacífica no
Parque da Redenção em Porto Alegre
Machismo é um conceito que vem desde o homem primitivo.O conceito de que o Homem tem o seu lugar numa família ou bando como PROVEDOR. Aquele que irá sair pra caçar. Aquele que irá para a guerra.

Nem sempre será aquela pessoa que decidirá as ações do grupo.
Mas ele irá PROTEGER as pessoa do grupo.

O Machismo é agir e proteger. Isso é o machismo.
E isso tem a ver com você que está lendo esse texto...
Ser macho é defender seus ideais assim como defende a sua família.
E defender a sua família até a morte.
Isso é machismo.

O mais forte PROTEGE o mais fraco...

Ser macho é proteger o mais fraco. Ajudar e até mesmo morrer para salvar sua vida. As mulheres foram protegidas pelos homens primitivos. Não saiam para as caçadas e nem trabalhavam com aquilo que pudesse machuca-las ou mata-las.

Assim como as crianças e pessoas idosas ou doentes.
Isso é machismo.
Esse é o machismo de verdade.
Não aquela abominação que as feministas afirmam...

Essa é uma verdade que as feministas não te contam.
Seja o bombeiro que adentra até o inferno em chamas de um prédio ou o policial que prende o mal-feitor.

Ser um herói e fazer o bem é algo que veio diretamente do machismo.
Isso é o machismo...E isso tem mais a ver com você do que você pensa...
........................................

Mas entender o machismo, é necessário entender o que ele NÃO É...


Grupo de feministas contrário à Liberdade de Expressão agrediram
o manifestante e destruíram seu cartaz
1) O Machismo não tem porra nenhuma a ver com odiar as mulheres...

Não se pode julgar todas as mulheres. Isso é generalização. Todo o ser humano tem as suas qualidades e defeitos.
E muitos dos defeitos que as mulheres tem hoje são causados pela própria cultura onde elas cresceram...

Mas mesmo assim, preconceito e ódio contra as mulheres tem um nome feio:
MISOGINIA.
Onde o MISÓGINO, muitas vezes levado ao ódio pela RELIGIÃO, acredita que a mulher é inferior e que merece ser dominada.
O que acontece em países onde a Sharia Islâmica reina.

E isso não tem nada a ver com machismo...


2) O Machismo não tem porra nenhuma a ver com HOMOFOBIA...

Na verdade, ser macho nem tem a ver com a pessoa ser heterossexual.O cara pode dar cu e chupar piça e ainda ser macho pra caralho!
Praticar violência contra um homossexual não vai te fazer mais macho. Provavelmente vai te fazer só mais um retardado. Mas o principio básico do Macho é CAGAR E ANDAR pros outros. 

A vida sexual dos outros homens é tão importante pra um machista quanto assistir uma novela ou um episódio do BBB...Eu cago e ando. Porém respeito a PESSOA...

E se eles quiserem se casar?Ora, que se foda. Todo mundo merece os mesmo direitos e deveres.
Isso com certeza não vai acabar com a família ou com os seus valores...


3) O Machismo não tem porra nenhuma a ver com VIOLÊNCIA...

O Machismo não tem nada a ver com isso. Porra.Ser Macho é defender outras pessoas. Não tem nada a ver com bater na família em casa.
De fato; foi o MACHISMO que fez com que outros machos criassem leis defendendo a família assim como qualquer outra pessoa...

Você não é machista se der um soco na cara de uma mulher: Você é um covarde!

Machismo é aquela raiva que você sente quando vê uma história de estupro no jornal. 

Isso mesmo!
O Machismo é contra a violência e contra o estupro!!!

O Machismo é contra a violência contra a família! Nós homens, temos um instinto natural de justiça que faz com que sintamos vontade de quebrar a pau um estuprador e de matar quem maltrata as crianças...

Mas isso nem passa na cabeça das feministas...


4) O Machismo não tem porra nenhuma a ver com SER UM RETARDADO!!!

Achar que um carro maneiro com som lá na puta que o pariu vai te ajudar na vida é ser um retardado...
Comer um monte de putas não vai te transformar num cara foda...

Ser macho é ser responsável. É pensar e questionar...

A ideia que as feministas e todo o resto do mundo tem de um machista é um cara dizendo que pensar é coisa de boiola...
E ser macho, com certeza, não tem porra nenhuma a ver com isso...


Então estude. Leia, assista bons filmes e questione o mundo a sua volta...

78 comentários:

  1. http://www.youtube.com/watch?v=3GFDfaxADRk

    ResponderExcluir
  2. Cara, tâ dando pena de ti ao ver o quanto tu é ignorante.

    Você inventou um conceito novo para um pensamento social caracterizado por coisas que não tem absolutamente nada a ver com o que tu está dizendo.

    As coisas que tu escreve não são ruins, mas não tem nada a ver com machismo e sim com FEMINISMO.

    Eu entendo tua intenção em querer defender algo em que acredita, mas de repente tu pode até criar um novo termo que não seja machismo né? O que tu está fazendo é tentando inventar coisas boas para um conceito que não é assim... seria como tu mudar completamente o que NAZISMO quer dizer, por exemplo.

    Saudações e boa sorte nos teus estudos, pois tu precisa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nasce de novo e começa do zero.... ou toma soda cáustica. De repente, funciona. ¬¬

      Excluir
    2. O cara é ruim, mas vc é uma ignorante pior.

      Excluir
    3. Concordo com o Rodrigo Oliveira. Márcio Cannibal, você está totalmente equivocado!!! E com certeza NÃO REPRESENTA AS MULHERES DO DCE NEM DA UFRGS!!!!

      Excluir
    4. O autor criou uma falta simetria: "ser macho" = machismo. Ora, se isso fosse verdade, ser fêmea = feminismo? Nem uma coisa nem outra. Um homem pode ser "macho" (como o autor quiser ser), mas não necessariamente é machista. Como disseram acima, as palavras já tem significado. Tentar reapropriar o termo machista e transformar nisso que você defende é um erro. A palavra em si já significa outra coisa. Por que não cria um termo novo, que seja apropriado ao que defende? Talvez inclusive já exista.

      Abraço,

      Excluir
    5. O que o Márcio escreveu é ruim sim, ele é machista, ele não está resignificando o machismo, ele continua diminuindo a mulher quando ele fala que "não se pode julgar todas as mulheres", ou quando ele nos trata por putas... ele é machista do mesmo jeito.

      Excluir
    6. vcs estão tão cegos pelo que aprenderam com o feminismo, que não vão aceitar ouvir mais nada. Se quisessem aprender a verdade, sem tentar apoiar lado A ou B, achariam diversas páginas explicando o verdadeiro machismo, mas preferem continuar com suas "verdades"

      Excluir
  3. E que nome você dá a alguém que não se diz machista , mas denomina de PUTA, mulheres que trabalham com o sexo??
    Que nome você dá a uma pessoa que entende que : " Não devemos julgar TODAS as mulheres??
    Isso significa que algumas mulheres devem e merecem ser alvo de julgamento?
    Me desculpa, mas por mais que tu digas que não és machista, tu me pareces bastante controverso. E a atitude de se manifestar com uma placa dizendo sou MACHISTA, em plena marcha das vadias, tendo consciência do que esta palavra representa no entendimento da MAIOR parte das pessoas da sociedade brasileira, isso é a provocação sem propósito de um Machista e/ou Misógino (como quiser chamar).
    Acredito que quem quer abrir um debate e discutir sobre conceitos, no intuito de ELUCIDAR as pessoas, não tem uma ação de desvalorização de um manifesto tão importante. Quem quer somar, construir, formar uma boa opinião busca um diálogo, uma articulação, uma aproximação com os movimentos que pra ti ainda não estão claros.
    Deixo claro que não concordo nem com a placa, nem com o ataque da mulher. Uma ação não justifica a outra. Está na hora de aprendermos a conversar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trabalha com sexo = puta. Marcha das vadias eh uma bobagem tao grande quanto o texto dele.

      Excluir
  4. Um texto que pode ser reduzido a lixo. Nada mais.

    ResponderExcluir
  5. Queria postar o video do caetando veloso aqui =/

    ResponderExcluir
  6. Querido, vai estudar. Começa estudando história, de preferência, ok? Você tá tão equivocado, em tudo tudo tudo tudo na vida, que não dá nem pra começar a explicar porque você não vai entender o vocabulário.

    ResponderExcluir
  7. então eu, mulher, quando defendo uma pessoa mais fraca que eu, minha irmã menor, uma criança, alguma outra mulher, sou macho pra caralho!

    ResponderExcluir
  8. http://www.youtube.com/watch?v=lOxSDaTfujU

    ResponderExcluir
  9. achei que fosse uma brincadeira de mal gosto, mas pelo jeito nem brincadeira é. aí eu quase vomitei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como diria o caetaninho: "não, cê é burro cara, que loucura! como você é burro! que coisa absurda! Isso daí que você disse é tudo burrice! burrice. eu não consigo gravar muito bem o que você falou porque você fala de uma maneira burra, entendeu?" *:

      Excluir
  10. Você acredita que só um homem pode fazer tudo isso?

    ResponderExcluir
  11. Marcio, vc tenta ressignificar a palavra machismo, mas ela não é a-histórica, por isso carrega os significados a ela atribuídos ao longo do tempo e do espaço.

    Eu ia te sugerir que criasse outra palavra pra cunhar sua questão identitária, mas me pergunto, pra que vc precisa de outra? Sim pq vc tem várias, a de acadêmico, deve ter uma ligada ao esporte, outra ligada aos jogos, outra de características físicas, gostos... tantas outras.

    será que vc precisa que algo além disso tudo lhe confira um lugar?

    ResponderExcluir
  12. qm é anta mezozoica q escreve essa merda???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAH TE AMO LUANA ♥

      Excluir
    2. essa é a definição de machismo, só isso

      Excluir
  13. O machismo não é o que você gostaria que ele fosse, o machismo é o que ele é.

    ResponderExcluir
  14. http://www.youtube.com/watch?v=-MK1q9fZjeI

    ResponderExcluir
  15. Redefinir o termo "machista", o que me pareceu ser a proposta do texto, não resolve os problemas que o feminismo aponta na cultura da sociedade.
    O sexismo, a homofobia, a cultura do estupro, a diferença salarial entre homens e mulheres, a vulgarização da mulher, o menosprezo ao feminino, a diferença de criação entre meninos e meninas, o assédio sexual nas ruas, o preconceito com lésbicas e mulheres transexuais, as jornadas duplas como trabalhadoras e "rainhas do lar", isso e muito mais são os problemas referidos pelas feministas, pelas marchas, pelos artigos publicados em blogs e revistas.
    E NADA disso é mudado ao se redefinir o termo "machista". Podem chamar como quiser, sem problemas. Mas não IGNOREM a realidade VIOLENTA E PRECONCEITUOSA.
    E, além disso, MOSTREM A CARA. Quem tem medo de assinar um texto num blog?

    ResponderExcluir
  16. Então só o homem pode e deve prover/proteger/ir à guerra/caçar? Só homem "caga e anda"? Desculpa, esse não é um conceito que "vem desde o homem primitivo", é um conceito primitivo (e ultrapassado). Se machismo é achar que isso é coisa de homem só, o machismo ainda é uma coisa estúpida e infantil.

    Quer dizer, isso se fosse possível mudar assim o sentido de uma palavra só por que se sente ofendido pelo sentido verdadeiro dela. As palavras já têm significado, e machismo não é isso.

    Terceiro ponto: foram infelizes, mais ou menos, os que quebraram a placa do retardado. Mas o cara ainda é retardado por ter feito aquilo. É um exemplo clássico de gente que não tem o que fazer, não tem instrução, e não tem o mínimo de respeito por questões sérias. Não sabe o que significa a palavra machismo, não conhece qualquer tipo de argumento de gênero e só quer aparecer e causar um auê. Isso sim, é bem machista. "Vocês não estão focando nos MEUS DIREITOS, eu, que sempre fui privilegiado, LOGO, vocês são preconceituosas!!1".

    Honestamente, esse texto defendendo machismo foi mal escrito, não tem nenhuma base em nenhuma teoria de nada que já existiu na história da produção acadêmica sobre o assunto e só serve pra um monte de gente de pinto pequeno ficar querendo defender um ideal morto há muito tempo. Vão se foder.

    ResponderExcluir
  17. O "machismo" que vc defende já está conceituado na teoria feminista como algo antagônico ao que vc quer afirmar. Então não fica claro vc opor "machismo" a "feminismo", sem fazer uma análise dos termos dos quais vc quer partir para fazer a crítica ao sexismo radical, que é isso que vc está acusando, homogeneizando 'as feministas. "as mulheres" é uma categoria homogeneizante, assim como 'os homens'. Então, se quer fazer uma análise séria sobre os temas de gênero e masculinidade, busque o sentido das palavras. Lei Foucault, Joan Scott. Não confunda as coisas. Isso vai facilitar sua comunicação com os seus diferentes públicos. A força simbólica da moça de seios nus rasgando esta bandeira simboliza esta dificuldade na sua intervenção de rua. Na conjuntura atual, principalmente entre as/os jovens, você deve saber o quanto estas categorias estão misturadas. O feminismo radical do FEMEN, por exemplo não me interessa como feminista, pelo simples fato de adotar discursos totalitários. Lógico que a reação da moça também foi autoritária, neste sentido. Mas simboliza antes disso uma dificuldade de comunicação, e isto nunca é unilateral. Não confunda "as feministas" como se fossem uma coisa só. A teoria feminista tem diversas escolas e que refletem ou são refletidas por determinados posicionamentos entre as ativistas do movimento. As 'vadias' têm como postura o sexismo mais radical, e muitas reproduzem atitudes totalmente adequadas a este tipo de posição como esta da moça que lhe arrancou o cartaz. Mas veja que o que vc está definindo como 'machismo' vai contra a própria etmologia da palavra, então vc não pode pretender usá-la fora deste sentido e procurar mais adeptos desta maneira sem maiores críticas; Enfim, sua atitude não é compreendida pois vc talvez utlize os termos errados para expressar sua própria visão sobre a participação dos homens nas mudanças sociais (no que eu acredito), e confunde assim sua comunicação com o público. Pense nisso. Cordialmente Rosa Oliveira - Núcleo de estudos de gênero PAGU/UNICAMP

    ResponderExcluir
  18. "Então estude. Leia, assista bons filmes e questione o mundo a sua volta..."

    acho que tá na hora de tu começar a fazer isso... de verdade

    ResponderExcluir
  19. O significado de machismo, hoje em dia, se aproxima muito mais da interpretação feminista do que esse dado pelo blog. Pode ser que, antigamente, ser "machista" tivesse outro significado, e que talvez no futuro venha a ser ressignificado, mas o fato é que hoje, todos concebem "machismo" através da interpretação feminista. É até plausível imaginar que essa expressão tenha sido criação dos feministas. Talvez o autor do texto tenha quisto se referir ao androcentrismo (http://pt.wikipedia.org/wiki/Androcentrismo). Isso tudo, porém, é secundário, essas são apenas chatas confusões terminológicas, a ideia do texto é mais forte que isso e é facilmente compreendida.

    Mesmo assim, não encontro muita consistência nos argumentos. Talvez, por motivo biológico, o androcentrismo e o patriarcalismo fossem adequados ao modo de vida primitivo. Mas atualmente o sustento e a segurança estão muito além da melhor condição física do homem. O poder sobre esses elementos depende do dinheiro, e o dinheiro pede mais do que capacitação física, e isso é óbvio.

    Outras afirmações, como "ser macho é defender o mais fraco", "ser macho é ser responsável. É pensar e questionar", "Machismo é revolta contra injustiça", "ser macho é ser herói", etc, são bonitas, mas não há razão para atribuir essas virtudes exclusivamente ao homem. O que o texto expõe são virtudes admiráveis sobre qualquer pessoa. Segundo o texto, a minha mãe é machista. Isso faz sentido?

    Para concluir: a questão é que o objetivo do feminismo é explícito, justo e saudável. Dizem, poeticamente, que o "machismo mata" porque, de fato, o patriarcalismo e o pensamento androcêntrico potencializam a violência do homem sobre a mulher, não só física, mas cultural, expressa em numerosas estatísticas que explicitam a desigualdade entre os gêneros. Não é difícil perceber isso. É contra isso, APENAS, que o feminismo luta. Vejo muitos "bons machos" se incomodando com o feminismo e desvirtuando conceitos. Não é por aí...

    ResponderExcluir
  20. Machismo é vir dizer que vocês, homens, são os provedores e tem que proteger as mulheres, que seriam então - suponho - o sexo frágil, não? É colocar o ato heroico do bombeiro ou do policial como "coisa de macho", assim como vir falar que o homem (como se fosse característica de macho né?) tem um institnto natural de justiça e assim por diante. Tem tanta, mas tanta coisa equivocada nesse texto que me dá até preguiça de argumentar. Ah, e não é que ser contra homofobia e violência faz parte do machismo, e algo que deveria fazer parte das pessoas independente do sexo.

    Por favor, antes de falar de "feminismo" e "feministas" eu daria um conselho: estude. Leia, assista bons filmes e questione o mundo a sua volta...

    ResponderExcluir
  21. Como escrito no texto: "Todo mundo merece os mesmo direitos e deveres", porém não é essa a visão machista do mundo. No machismo não são todos iguais e não tem o mesmo direito. Machismo ou chauvinismo masculino é a crença de que os homens são superiores às mulheres. Feminismo é a crença de que todos são iguais.

    ResponderExcluir
  22. proteger os mais fracos. Parabens cara, o fato de ser o mais forte, faz com que vc acha que domina a vida dos outros. Sendo machao. Nao pode ser simplesmente homem? Mulher protege muito, tanto que sustenta os filhos sozinha. Onde o homem se coloca hoje em dia? Mulher sempre foi vista como mais fraca e fragil, como que na verdade nao é. Seu machismo continua afetando a vida de muitas mulheres, dominando e achando que tem o dever de ''proteger''.

    ResponderExcluir
  23. Esse texto cria uma definição paralela da palavra "Machismo" e partindo dessa premissa, que não segue o básico da semântica, chega em conclusões idiotas.
    Eu estava votando no DCE Livre, por que fui abrir esse blog.

    ResponderExcluir
  24. Muito bacana o texto, vc tem umas ideias legais. só que vc está confundindo os termos. você descreveu cavalheirismo, mais precisamente gentileza. Ser gentil é ser nobre e amável, cuidar dos mais fracos. ser machista é representar o macho, ideologicamente dominar os mais fracos, não apenas proteger, mas achar que sabe o que é melhor para todos. http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=machismo
    como disse, a ideia é boa, mas não representa o machismo. acho que vc tem uma visão errônea do feminismo também. procure se informar, nomenclatura muda tudo! um abraço.

    ResponderExcluir
  25. Meu, que engraçado! Você é totalmente contraditório no post... Mas o que me deixa bem preocupada não é só o texto, é ele ter sido publicado no nome de uma instituição representativa...

    ResponderExcluir
  26. Não vão aceitar meu comentário? Imagino que não seja o caso, que seja apenas uma demora.

    ResponderExcluir
  27. Na verdade concordo com TODOS os pontos da parte "o que o machismo não é".
    Só acho que faltou exemplos claros e práticos do que é ser machista hoje - além da inspiração das Cavernas.
    Sou feminista sim e deveria reclamar das generalizações desse texto, mas reclamo mais do que disse em relação ao que chama de "feministas", no início do texto. Essa ironia rasa não parece atitude de macho, nem de mulher.

    ResponderExcluir
  28. Até na concepção desse texto, machismo é algo retardado, por ser um meio de dominação, de hierarquização opressora, porque coloca mulheres em um lado inferior, que necessita ser protegido, que é indefeso.

    ResponderExcluir
  29. Acho que você está confundindo o termo machismo com HUMANISMO. Substitua em todas as frases por humanismo que eu acho que fará mais sentido. Já que vc é a favor da humanidade, do bem, das boas causas, então vc é humanista, ok?

    "Mas isso nem passa na cabeça das feministas..."

    Claro que passa? Em que mundo vc vive? Elas não vão fazer isso pq sabem q fazer isso não ia mudar a pessoa de ter cometido um delito ou crime. Só ia aproximar a vítima no mesmo nível do estuprador...

    Mulher não precisa de proteção de homem nenhum não. A mulher é inteligente, e pode muito bem se proteger sozinha. O que a mulher precisa, assim como o homem, é de um governo em que as leis sejam cumpridas, que tenha mais multas por agressões, por olhares de assédio no sentido sexual (nenhuma mulher gosta de ser olhada como um pedaço de carne suculento). Proteção de verdade são leis que funcionem, assim tanto a mulher, o homem, a criança, o idoso e o homossexual vão se sentir protegidos.

    Já acabou a época do machismo, isso foi na idade das cavernas. Os seres humanos precisam ser mais humanistas e se protegerem, seja um homem protegendo outro homem, seja uma mulher protegendo outra mulher, proteção é ajuda, não é obrigação do "macho" não. Um pai, um namorado, um noivo, é lógico que na cabeça deles eles vão tentar proteger a pessoa amada, mas isso é movido pelo amor e não por machismo... Mesma coisa para uma mulher com outra mulher.

    Fica a dica.

    ResponderExcluir
  30. Meu caro, o seu raciocínio é pautado por conceitos tão mal interpretados, tão equivocados, que o seu discurso ganha um tom infantil, ingênuo e que beira o cômico. Por favor, antes de sair por aí carregando cartazes com termos pesados dos quais o Sr. obviamente não tem idéia do significado, vamos deixar o Michaellis, sim, aquele dicionário que a professora do primário pedia todo ano, nos mostrar o significado da palavra machismo: "ma.chis.mo2
    sm (macho+ismo) 1 Atitude ou comportamento de quem não admite a igualdade de direitos para o homem e a mulher, sendo, pois, contrário ao feminismo. 2 pop Qualidade, ação ou modos de macho; macheza, machidão" É assim que o Sr. se auto define perante os outros. Então, mesmo diante da sua teoria BIZARRA, que eu não vou nem discutir aqui, que é também eivado de machismo ao colocar "o mais forte protege o mais fraco" onde o Sr. coloca a mulher na condição de mais fraca. Ora, a mulher,na sua visão tem que ser protegida DOS OUTROS HOMENS FORTES é isso? pois bem, o feminismo luta para que os homens não mais se sintam no direito de agredir as mulheres, pois são iguais. Logo, sua teoria é um fim em si mesmo, uma bobagem que não merece crédito, pois advém de raciocínio pobre e linear. Análogo a isso, seria o Sr. usar um capuz da KKK e ostentar um cartaz "sou racista" acredito na igualdade entre negros e brancos mas acredito que desde o começo dos tempos os negros foram projetados, pela natureza, para trabalhar pesado. Então por favor, se dispa do machismo (em seu real significado), crie vergonha na cara, pense na sua irmã, na sua mãe, em qualquer mulher e as trate com o respeito e a consideração que ela merece.

    ResponderExcluir
  31. meu filho, porque expor sua estupidez assim na internet?
    E pra piorar, voce ainda não aceita os comentarios que te criticam, ne?
    Estuda um pouco, querido, antes de sair falando as coisas que papai te ensinou em casa e fingindo que refletiu sobre o assunto.
    Mulheres não precisam ser protegidas pelos homens, e sim respeitadas pelos homens para que não precisem se proteger de atitudes machistas.
    Fica a dica ai.

    ResponderExcluir
  32. Tô achando que cês tão precisando de uns livros de história como doação. (=

    ResponderExcluir
  33. Essa tua visão de machismo está totalmente deturpada. E tu não sabe nada sobre feminismo, devias seguir teu próprio conselho e ir estudar.

    ResponderExcluir
  34. Interessante seu texto
    Porém, devo constatar que se ser machista é agir e proteger, então mulheres também são machistas, pois muitas mães (solteiras ou casadas) defendem seus filhos melhor que muito marmanjo por ai. Logo, a palavra machismo não tem correlação com o sentido que você colocou, pois fêmeas também protegem, isso independe do sexo.
    Mas voltando ao seu conceito de machismo. Se ser machista é defender os mais fracos, então ser machista é ser feminista, (feminismo é a ideologia que propõe a igualdade entre os sexos), procure dados concretos, pesquise sobre números de assaltos, estupros e agressões dos dois sexos e veja qual é o mais atingido ;)
    Logo perceberá que se deve defender os direitos das mulheres, pois se você as considera mais fracas, como bom machista, então deve defender os seus direitos e aí será feminista!

    Como assim, machismo não tem correlação com homofobia???!
    Mas agora você se contradisse! Colocaste que ser machista é defender os mais fracos, então é defender os LGBT's (não é só gay que sofre homofobia tah, só pra constar) que também sugiro a leitura de pesquisas e gráficos que apontem a distribuição de agressões e mortes de LGBT's. Por isso, o machista (segundo o teu conceito) não deveria cagar e andar pra isso! Deveria sim lutar pela defesa dos oprimidos, que são sim mais fracos na nossa sociedade, com poder de fala escasso e marginalizados.

    ResponderExcluir
  35. Muito bom não publicar comentários que derrubam esse teu artiguinho sem fundamento.
    Muito macho.
    Muito hétero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu comentário também não foi aprovado. Imagino que ele tenha levado a sério minha proposta de processar o professor de história dele por negligência.

      Excluir
  36. Creio que tenha feito uma grande confusão entre os conceitos de machismo e masculinidade, rapaz.

    ResponderExcluir
  37. É, você é superior e corajoso. Eu desisto do feminismo. Como eu vou viver sem alguém pra me proteger, defender, abrir a porta pra mim, trazer comida pra casa porque eu ganho pouco (porque sou mulher)? Eu desisto do feminismo. Não vale a pena, os machos são tão superiores. Como eu vou viver sem ter quem abrir o meu pote de pepino? Eu sou mulher. Eu sou fraca e não consigo me virar sozinha. Troca uma lâmpada, puxar o gatilho de uma arma................. :-D É assim que tem que fazer né, pra deixar de ser "feminista". Senta lá, Cláudia.

    ResponderExcluir
  38. MEUDEUS! NÃO TINHA COMO SER MAIS RASO NESSE TEXTINHO DE MERDA??

    ResponderExcluir
  39. Tô esperando um homem vir e me proteger pra eu entender o que é machismo então... pq até onde eu observei na minha vida o machismo só me chamou de vadia e burra, ameaçou a minha vida e dignidade e me pagou um salário menor do que os meus colegas homens. Realmente, eu preciso de proteção de um machista...

    ResponderExcluir
  40. HAHAHAHHAHAHAHAHA a ironia é que as tuas ultimas frases são
    "Então estude. Leia, assista bons filmes e questione o mundo a sua volta.."
    Então tu deve ler só Paulo Coelho e ver só Crepúsculo né?

    ResponderExcluir
  41. Nossa, o professor de história desse cara deveria responder um processo por negligência. Que cara burro!!!

    ResponderExcluir
  42. "Machismo é um conceito que vem desde o homem primitivo." Já errou na primeira frase, o conceito de "machismo" surgiu na segunda onda feminista.

    "Ser macho é proteger o mais fraco. " O que o cabra não entende é que a idéia de "proteger" assim como a dádiva criam uma relação desigual de poder (vulgo "opressão"), onde o "protetor", o provedor, o pater familias se coloca numa posição de privilégio em relação aos demais membros do clã.

    "2) O Machismo não tem porra nenhuma a ver com HOMOFOBIA..." Ah, não? E o fato de que os LBTSQW16HUIL simplesmente desvalorizamos e cagamos na sua sacrossanta "macheza" não conta?

    "3) O Machismo não tem porra nenhuma a ver com VIOLÊNCIA..." Violência simbólica e moral não conta?

    "O Machismo é contra a violência contra a família! Nós homens, temos um instinto natural de justiça que faz com que sintamos vontade de quebrar a pau um estuprador". "Instinto natural de justiça" ou instinto possessio de macho-alfa que julga que só o machão pode cupular com as fêmeas?

    "4) O Machismo não tem porra nenhuma a ver com SER UM RETARDADO!!!". Concordo. Infelizmente as relações de poder baseadas na diferenciação de gêneros, está tão encalacrada na nossa cultura que todos acabamos por reproduzi-las.

    "Achar que um carro maneiro com som lá na puta que o pariu vai te ajudar na vida é ser um retardado..." Óbvio, todo tipo de opressão é justificável desde que o cabra não seja capitalista e consumista...

    "Comer um monte de putas não vai te transformar num cara foda..." Não afinal prostituição é um vicio burguês e o machão revolucionário se contenta em comer todas as compas de militãncia e colegas de faculdade.

    "Então estude. Leia, assista bons filmes e questione o mundo a sua volta..."
    Vou aprender muito lendo esse blog rs

    ResponderExcluir
  43. Falou-se tanto em machismo, no entanto o que vi dentro de um texto medíocre foram exatamente frases explicitamente machistas!!

    ResponderExcluir
  44. puts, quem deixou ele fazer esse post?
    sério DCE?
    Que bad, hein?

    ResponderExcluir
  45. Isso tudo é recalque das conquistas do movimento feminista? KKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  46. Defendo animais.. sou machista?! (que zona, que zona..)

    ResponderExcluir
  47. A legenda da foto tá errada ali. Devia ser "Márcio fazendo papel de idiota na rua".

    ResponderExcluir
  48. Leia o livro de Ruth Benedict "Sexo e Temperamento em tres sociedades primitivas" nele há um exemplo de uma sociedade na oceania onde as mulheres eram guerreiras e caçadoras e os homens cuidavam da casa e dos filhos, sendo eles também muito vaidosos para agradar as suas mulheres quando as mesmas retornavam das cacadas/guerras! E existem outros exemplos no mundo, mas este livro é bem fácil de ler, e aparentemente pra voce seria ideal que fosse também desenhado. Voce é uma anta!

    ResponderExcluir
  49. Parabéns aí pra galera da UFRGS que elegeu essas maravilhas!

    ResponderExcluir
  50. http://www.youtube.com/watch?v=3GFDfaxADRk&noredirect=1

    ResponderExcluir
  51. O peixe não sabe que esta na água! Antonio Gramsci deve estar todo orgulhoso no inferno. O povinho dos Universilixos do Brasil estão nadando direitinho no caldo da socialização, mas não adianta, a tal igualdade que as MILITÂNCIAS ESQUERDISTAS tanto querem NUNCA será alcançada, simplesmente por que isso é ANTI HUMANO.

    ResponderExcluir
  52. Percebo que há muitos ignorantes nos comentários discordando do que o texto diz, isso só prova o quanto o feminismo já corrompeu e deturpou tudo. Lamentável, o autor e alguns outros são os únicos lúcidos aqui.

    ResponderExcluir
  53. Parece que existe uma cortina de fumaça que está impedindo as pessoas de raciocinarem.

    Os argumentos do rapaz parecem claros. Se discorda de alguns pontos basta apresentar contra argumentação (como alguns fizeram - ou tentaram fazer adequadamente).

    E, pelo visto, muita gente que disse que o autor do texto "deve estudar mais" deveria fazer o mesmo...

    ResponderExcluir
  54. Olá gente, sou o Marcio Cannibal e vou responder os comentários de um jeito claro e aberto a qualquer discussão. Mesmo entre as pessoas que só resolveram me xingar sem argumentar...

    1 Lugar
    Antes da visão feminista sobre a definição de HOMEM, existia a definição MASCULINA do que define um homem. A qual é mais antiga, vinda desde a pré história, e seguindo até hoje. Todas as civilizações humanas tinham suas próprias definições sobre o IDEAL DE COMO UM HOMEM DEVE SER. Milênios antes do feminismo vir definir que todos os homens são preconceituosos e opressores...

    Lógico, eu poderia evitar de falar dos modos errados que todos os povos cobravam valores e atitudes para definir alguém como sendo um homem ideal. Como rituais envolvendo mutilação, provas físicas, conversão (religião), automutilação, ingestão de drogas, álcool, sexo heterossexual, homossexual, tatuagens e/ou a aceitação de valores completamente errados como a homofobia e a Misoginia. Nada disso realmente agregando valor ao indivíduo ou definindo o mesmo como homem.
    O ritual de cobrança mais utilizado por lideres políticos e religiosos para conceder valor ao indivíduo como homem era o de matar seus inimigos. Quando o jovem recebia ordens de matar alguém para ser considerado do grupo. Seja com o alistamento militar ou assassinando pessoas. E estou mencionando isto para que todo mundo aqui perceba que não estou enganando ninguém...

    Pois bem. Os valores milenares que definem um homem são as definições do ideal de melhor exemplo masculino. Onde o homem é definido como macho ou machista ao apresentar coragem, responsabilidade, humildade, solidariedade, perseverança, lealdade, integridade e honra em seu caráter. Sendo o Machismo a definição de aprender e seguir pelo caminho de ser definido como um homem macho, também chamado de machista. Toda civilização antiga tinha seus HERÓIS nos quais os homem buscavam inspiração. O ideal masculino que veio desde a pré história e que existe até hoje. Independente da visão feminista sobre os homens, que ignora que a visão de ideal masculino possa representar valores e atitudes positivas para homens e mulheres...

    2 Lugar
    Adivinhem quem é que afirma que homens são todos opressores violentos e preconceituosos? Quem é que afirma que ser macho significa dar um tiro na minha esposa ou tratar mal pessoas LGBTs?
    Vocês? Eu?
    Ou será que são APENAS AS FEMINISTAS?
    Quem é que afirma que os homens são todos estupradores? Vocês? Eu? O Liam Neeson no filme Busca Implacável? Ou as feministas? Será que as feministas são a sua única fonte de definição do que seria ou não um macho?
    Quem é que afirma que o simples ato de ser um homem já é errado?

    Pois é...
    A sua única fonte daquilo que viria a ser um machista MENTIU pra todo mundo. Como alguém tentando entender o que é o budismo unicamente através do Antigo Testamento. Ou um analfabeto tentando resumir um livro.
    As feministas mentiram pra todo mundo! E é por isso que vocês me julgam através do ponto de vista delas.
    Eu não sou nem misógino e nem homofóbico. Trato as minhas companheiras muito bem com todo o carinho e respeito. Nunca acreditei que a violência contra a mulher definisse um homem como Macho, mas sim como covarde.
    E quem afirma o contrário são elas sem nunca terem me conhecido...

    E é por isso que eu não só discordo completamente com a definição que ELAS deram ao machismo como assumo uma definição livre da definição delas.

    ResponderExcluir
  55. Considero normal a confusão do termo machista. após consultar alguns mestres na USP(letras). A denifição original do machismo é o ato do macho. O movimento da libertação da mulher nos anos 70 trouxe em contrapartida o sexism(sexismo), o machismo existe como ele é nos dicionários americanos mas no Brasil ao invés de usar o sexismo foi usado machismo. Existem estudiosos que adotaram o sexismo mas não é muito popular. Eu defendo a originalidade e o uso do sexismo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...